4ª Mostra

Nes­te ano a Mos­tra Cur­ta Audi­o­vi­su­al com­ple­tou 4 ani­nhos! Foram alguns anos de tra­je­tó­ria e mui­tas his­tó­ri­as pra con­tar.

Come­ça­mos orga­ni­zan­do uma mos­tra uni­ver­si­tá­ria peque­na, visan­do ape­nas exi­bir a pro­du­ção daque­le momen­to naque­le lugar. No ano seguin­te fomos con­vi­da­dos a fazer um even­to nos mes­mos mol­des para o públi­co da cida­de, levan­do a um espa­ço vin­cu­la­do com a his­tó­ria da ima­gem e do som, o Museu da Ima­gem e do Som de Cam­pi­nas (MIS).

A pri­mei­ra edi­ção, em 2006, no MIS nos sur­pre­en­deu, além do públi­co ele­va­do, pude­mos conhe­cer e nos rela­ci­o­nar com diver­sas pes­so­as da área audi­o­vi­su­al aqui da região. Ini­ci­a­mos a tra­di­ção dos deba­tes con­ver­san­do sobre as ten­dên­ci­as temá­ti­cas e esti­lís­ti­cas do cur­ta-metra­gem. Tam­bém foram pro­pos­tas duas ofi­ci­nas que ini­ci­a­ram a tra­je­tó­ria da “mão na mas­sa” da mos­tra.

Para a segun­da edi­ção implan­ta­mos algu­mas mudan­ças que se fazi­am neces­sá­ri­as, como con­cen­trar a gra­de de pro­gra­ma­ção, con­cen­tran­do o públi­co, fato que ia de acor­do com o obje­ti­vo de fomen­tar a pro­du­ção e pro­mo­ver o diá­lo­go entre rea­li­za­dor e públi­co. Em 2007 a sur­pre­sa foi com o núme­ro de ins­cri­tos, pude­mos per­ce­ber quan­ta gen­te esta­va pro­du­zin­do e com quan­ta cri­a­ti­vi­da­de e diver­si­da­de.

Na ter­cei­ra edi­ção mais alte­ra­ções foram pen­sa­das visan­do che­gar cada vez mais per­to do nos­so ide­al: fomen­tar a pro­du­ção regi­o­nal, mos­trar a pro­du­ção naci­o­nal e cri­ar um ambi­en­te de rela­ci­o­na­men­to entre os inte­res­sa­dos por audi­o­vi­su­al. Nes­se sen­ti­do pro­mo­ve­mos um bate-papo entre os rea­li­za­do­res.

Em 2008 outra ino­va­ção foi a cri­a­ção de uma pro­gra­ma­ção espe­ci­al­men­te vol­ta­da para o públi­co infan­til (MOSTRINHA) e outra espe­ci­al­men­te para os pro­du­to­res cam­pi­nei­ros (CURTA CAMPINAS). Além dis­so, rea­li­za­mos uma ses­são de cine­ma ao ar livre, na pra­ça do Lar­go do Rosá­rio, visan­do fis­gar os tran­seun­tes e foi suces­so abso­lu­to.

A edi­ção de 2008 nos dei­xou mui­to satis­fei­tos: o públi­co cres­ceu ain­da mais baten­do recor­des! A 3ª mos­tra foi mui­to gra­ti­fi­can­te e nos moti­vou a man­ter algu­mas das idei­as que havía­mos tido pra 2009 e nos fez pen­sar ain­da mais em melho­ras.

Come­ça­mos 2009 com mui­tas idei­as na cabe­ça e mui­ta ins­pi­ra­ção pra aper­fei­ço­ar ain­da mais a pro­gra­ma­ção da mos­tra, mas infe­liz­men­te sur­gi­ram cer­tos pro­ble­mas que nos leva­ram a ter que redu­zir a pro­gra­ma­ção da mos­tra, con­cen­tran­do-a em um final de sema­na no MIS e man­ten­do a pro­gra­ma­ção duran­te a sema­na em outros dois espa­ços de exi­bi­ção: Casa do Lago e SESC Cam­pi­nas, co-rea­li­za­dor do even­to.

O moti­vo de redu­zir­mos a gra­de de pro­gra­ma­ção des­ta edi­ção é conec­ta­do com a razão pela qual a Mos­tra nas­ceu. Em 2006 éra­mos estu­dan­tes, que­ría­mos come­çar na área audi­o­vi­su­al, que­ría­mos mos­trar o nos­so tra­ba­lho e o tra­ba­lho de quem esta­va pro­du­zin­do.

Nes­te momen­to, a orga­ni­za­ção não tem mais a dis­po­ni­bi­li­da­de que tinha para exe­cu­tar as eta­pas neces­sá­ri­as para se fazer um even­to de gran­de por­te. Esta­mos todos envol­vi­dos em tra­ba­lhos e/ou estu­dos, que não nos per­mi­tem tama­nha dedi­ca­ção em um tra­ba­lho volun­tá­rio, como foi até então.

Cabe escla­re­cer que nos ins­cre­ve­mos em Edi­tais de Patro­cí­nio e Meca­nis­mos de fomen­to à Cul­tu­ra, mas não con­se­gui­mos cap­tar recur­sos para rea­li­zar esta mos­tra, acre­di­ta­mos que a prin­ci­pal razão seja a cri­se finan­cei­ra mun­di­al que afe­tou a cul­tu­ra naci­o­nal como um todo.

Assim, mais uma vez con­ta­mos com a nos­sa rede de par­cei­ros, que nos apoi­a­ram e aco­lhe­ram. Nos­sos par­cei­ros des­ta edi­ção foram: Kinos­tú­dio Cine­ma Digi­tal, Espa­ço Cul­tu­ral Casa do Lago, 3S Pro­je­tos, Ade­fon Ade­si­vos, Seri­art impres­são digi­tal, Papil­lon cine­ma e vídeo, Zé – espa­ço e Bar e Espa­ço Natu­ral.

cartazbdz4mostra 4ª Mostra

Agra­de­ce­mos a boa aco­lhi­da des­tes par­cei­ros e rei­te­ra­mos que ain­da esta­mos em bus­ca de algum patro­ci­na­dor ofi­ci­al para o even­to, que em 2010 che­ga­rá na sua quin­ta edi­ção!

Em 2009 man­te­re­mos as prin­ci­pais pro­pos­tas e novas con­quis­tas estão sen­do rea­li­za­das, agre­gan­do ain­da mais espec­ta­do­res e mais con­teú­do para a mos­tra.

A mos­tra é total­men­te gra­tui­ta e pre­ten­de ofe­re­cer um pano­ra­ma da pro­du­ção recen­te de cur­tas-metra­gens bra­si­lei­ros.

Bem vin­dos à Mos­tra Cur­ta Audi­o­vi­su­al!